• Estudo da Consciência (map)
  • Bazil

Yoga tântrica do Kashmir

 

Do tantra tradicional à prática diária

Posso levantar meu braço sem usar à memória? Preciso ser flexível? Devo realmente fazer um asana com perfeição? Estou sentindo a tensão ou estou lutando contra ela? Acredito ter feito estas posturas centenas de vezes ou posso realizar o movimento como se fosse a primeira vez? Posso simplesmente “ouvir” sem aceitar ou rejeitar nada? Posso observar os comentários que minha mente emite enquanto pratico sem tentar mudar meus pensamentos? Realmente preciso relaxar meu corpo? 

Qualquer uma dessas questões experimentadas através da prática dos asanas encontrarão um espaço de resposta que pode ser levada à vida diária sem esforço. 

Estas perguntas são a base do yoga tântrico não dualista, uma pratica que segue os ensinamentos escritos nos Tantras em torno do século X e XI em Kashmir. Transposto para responder as necessidades do mundo de hoje, esta não é uma abordagem progressiva. Não há necessidade de relaxamento, purificação ou flexibilidade. Não há nenhum lugar onde ir e nada a alcançar ou ganhar, somente há o retorno à aquilo que já está lá e que nunca nos deixou. 

Uma mente clara surge quando a dinâmica de mudar a si mesmo e ao mundo cai diante da evidência de que a realidade é perfeita assim como ela é e de que o sofrimento vem da necessidade de tentar mudar o mundo, ou seja, da rejeição ao mundo assim como ele é.

O corpo que experimento a cada dia é memória e memória é tensão. Esta prática irá explorar este corpo de memória para suavemente eliminar toda a reatividade contida nele. Quando finalmente deixo de tentar me relaxar, a tensão pode se expressar e então desaparecer. 

Com a prática do yoga tântrico de Kashmir aprenderei a não “fazer” o asana, ou seja, permitir que o asana naturalmente apareça no espaço de não expectativa. Quando a reação desaparece, posso experimentar o “vazio”, e um corpo que organicamente se alinha com os asanas. 

Eu devo estar pronto para explorar o desconhecido.

Repetição é uma ilusão e toda prática é sempre nova... “O que sou se me entrego ao não fazer?”, é a pergunta que esta prática irá explorar.

Esta pratica é para todos, desde professores de yoga a iniciantes, por que não há níveis para a sensibilidade, para explorar a Yoga do Kashmir.

 

Mariette Raina

Mariette tem praticado yoga com Eric Baret, um reconhecido Mestre de Yoga Tantrica de Kashmir, desde seus 20 anos. Seus estudos de antropologia tiveram esta orientação, tendo tido a oportunidade de explorar muitos aspectos da cultura do sul da Índia. Sua tese de Mestrado é sobre a Yoga do Kashmir,   “Entre tradição e modernidade” . Ela trabalhou na publicação do livro “Corpo de Vibração” com Eric Baret. Livro sobre a exploração física e detalhes técnicos do yoga Kashmiriana. Ela está atualmente trabalhando em um livro de ensaios que trata de assuntos como yoga, tantra, arte, yoginis, saddhous, devatas ou varanasi, entre outros.

MarietteRaina.jpg

 

 

 

 

 

 

 

Palestra: Tantra do Kashmir com Mariette Raina

Quarta feira, 29 de junho, das 19 às 21h

Onde? Instituto de Pesquisa e Estudo da Consciência
Rua Monte Azul, 85 - Chácara da Barra - Campinas - SP

Informações e Inscrições: (19) 3252-1565 / (19) 3201-2361
ipec.campinas@terra.com.br / contato@ipec-transpessoal.com.br

 

Workshop: Yoga tântrica do Kashmir com Mariette Raina

Intensivo do 1 ao 3 de julho, em São Roque, SP. 

Promovido pelo IPEC – Insituto de Pesquisa e Estudo da Consciência

Lugar: Espaço Natureza Arco Íris, São Roque. 

Informações e Inscrições: (19) 3252-1565 / (19) 3201-2361
ipec.campinas@terra.com.br / contato@ipec-transpessoal.com.br